Livro: Abelhas - heroínas do jardim



De autoria de Tom Jackson e lançado no Brasil pela Editora Europa, o livro Abelhas - Heroínas do Jardim explora o ciclo de vida dos mais populares agentes polinizadores da natureza.


As abelhas são insetos que pertencem à ordem Hymenoptera e que habitam o planeta há aproximadamente 125 milhões de anos, em processo evolutivo que se iniciou no período geológico Cretáceo (146 a 76 milhões de anos atrás), quando surgiram as primeiras plantas que produziam flores.


Nesta época, os continentes atuais da Terra haviam começado a se separar, permitindo que as primeiras abelhas pudessem se espalhar por toda a superfície terrestre que apresentasse plantas com flores. Por este motivo, hoje as abelhas estão presentes desde florestas tropicais até regiões semi-áridas (como a Caatinga), desérticas (como o Arizona) ou montanhosas (como os Andes e o Himalaia). Através de milhares de anos de processos evolutivos, essa grande variedade de habitats propiciou que mais de 20.000 espécies de abelhas sejam mundialmente reconhecidas nos dias atuais.


Amplamente ilustrada, a publicação é dividida em cinco capítulos (abelhas sociais, abelhas solitárias, anatomia das abelhas, a colmeia e abelhas e flores) que trazem informações e muitas curiosidades sobre essa ampla variedade de espécies que existe no mundo, sejam de vida social, solitárias, melíferas, cortadoras de folhas, carpinteiras, sem ferrão e mamangabas, por exemplo.


O livro traz explicações sobre como certas abelhas constroem colmeias e ninhos, inclusive com outros materiais como o barro, ou apresentam relações extremamente íntimas com determinadas espécies vegetais, principalmente orquídeas.


Responsáveis pela reprodução de milhares de plantas e consequentemente, pela produção de alimentos vegetais, as abelhas desempenham um papel extremamente importante na manutenção do equilíbrio dos ecossistemas e continuação da vida no planeta.


Com mais de 190 fotos, o livro salienta a importância fundamental desses insetos, responsáveis pela polinização de muitas das espécies vegetais que nos fornecem alimentos. O desaparecimento das abelhas acarretará em uma grande escassez de alimentos de origem vegetal, impactando diretamente toda a biodiversidade e a sobrevivência da espécie humana.



Segundo a Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.), de todas as abelhas conhecidas no mundo, aproximadamente 77% são solitárias, 9,5% são sociais, 13% são parasitas de ninhada e 0,5% são parasitas sociais.


No Brasil, as espécies de abelhas (a maioria sem ferrão) são distribuídas em cinco famílias, cada uma abrigando muitos gêneros e espécies de diversas formas, cores e tamanhos. O Dia Nacional das Abelhas é celebrado em 03 de outubro.


O livro Abelhas - heroínas do jardim pode ser adquirido em livrarias ou diretamente com a Editora Europa através do link abaixo:

www.europanet.com.br/livraria/natureza-e-paisagismo/abelhas-heroinas-do-jardim


Por: Patrícia Dijigow



#abelhas #polinização #livro #editoraeuropa #publicação

221 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo