Tomilho: um ingrediente do Oriente

Atualizado: Jun 16

O tomilho é um subarbusto aromático da família botânica Lamiaceae, nativo da da região do Mediterrâneo, onde cresce espontaneamente em encostas áridas e quentes. Seu nome científico é Thymus vulgaris: do grego “Thymos” (oferecer através da queima) e “vulgaris” (de presença frequente).

Tomilho

Apresenta folhas perenes pequenas, lineares ou lanceoladas e sua inflorescência tem coloração rosada ou esbranquiçada. Sua altura atinge em média 45 cm.

Pode ser cultivado em canteiros ou vasos isolados, ou em hortas combinado com plantas de alturas diferentes, pois ajudará a proteger o solo e inibir o crescimento de outras ervas concorrentes, além de afastar insetos considerados pragas.

Seu cultivo se destina tanto para o uso como tempero como para a extração de óleo essencial, que dependendo de vários fatores ambientais e colheita, pode apresentar quimiotipos diferentes: o cineol de características estimulantes, digestivas, analgésicas e fortalecedoras da imunidade e o quimiotipo timol de grande poder antisséptico e utilizado contra as afecções pulmonares. As propriedades do timol incluíram a erva como ingrediente fundamental na formulação de enxaguantes bucais e produtos dentários. O tomilho também é muito utilizado como matéria prima da perfumaria.

Flores e inflorescências do tomilho

É um dos ingredientes básicos da culinária do Oriente, onde combinado com outras ervas compõe a masala chamada za'atar.


Na fitoterapia, as folhas do tomilho são conhecidas por suas propriedades antissépticas, tônicas, antiespasmódicas, expectorantes e vermífugas.


Na década de 1600, já era descrito pelo herborista Nicholas Culpeper como “nobre fortalecedor dos pulmões”. De efeito revigorante e tônico, o tomilho é muito popular por sua atuação no sistema respiratório.


Seu uso mais antigo data de um papiro: os egípcios usavam o tomilho como medicamento e também para embalsamar as múmias, evidenciando suas propriedades de conservação.

Já os romanos eram adeptos dos banhos de imersão com tomilho para trazer vigor, queimavam ramos em suas tradições e produziam queijos e bebidas alcoólicas à base da erva.


Por: Patrícia Dijigov


#escoladebotânica #tomilho #Thymus #plantas #botanica

50 visualizações
Escola_de_Botanica_logo_branco.png

E-mail de contato

contato@escoladebotanica.com.br

Redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Atendimento

A Escola de Botânica está fechada durante a quarentena. Estamos trabalhando em casa e para falar conosco entre em contato através do

e-mail flores@escoladebotanica.com.br

Atendimento por e-mail de segunda a sexta.

Endereço

Rua Fortunato, 125, Santa Cecília

CEP: 01224-030 • São Paulo • SP

A Escola de Botânica está temporariamente fechada devido a pandemia. Estamos trabalhando em casa. Entre em contato conosco através do e-mail ou pelas redes sociais. Atendimento de segunda a sexta.

Copyright© 2020 por Escola de Botânica • CNPJ: 26.797.455/0001-73