O cactário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro


Visão do interior de uma das estufas do cactário.

O cactário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro é uma das mais importantes coleções de cactos e suculentas do Brasil, contendo mais de 400 espécies, sendo que 64 espécies são consideradas ameaçadas de extinção e conservadas ex situ (nome que se dá à conservação da diversidade biológica fora do ambiente natural).


O cactário abrange uma área de três mil metros quadrados, e é composto por estufas destinadas ao estudo científico e de exposição, além de diversos canteiros com paisagens que representam os biomas e ecossistemas brasileiros de clima árido ou semiárido como Cerrado, Caatinga e Restinga.


Um mirante conecta o cactário com o Caminho da Mata Atlântica e com a arquibancada que permite a contemplação do espaço e do centro de visitantes do JBRJ, edificação do século XVI.



Conheça o trabalho do biólogo Diego Gonzaga, responsável pela coleção do Cactário