A arte botânica de Camila Rocha

Camila Rocha é uma artista brasileira e curiosa em botânica radicada em São Paulo e Istambul. Cria e cultiva espaços e plantas híbridas através da arte que se reproduzem por meio de desenhos, vídeos, fotografias, instalações e colagens.


As obras de Camila recebem influência de sua pesquisa, investigação e contato com o mundo natural, especialmente com a Botânica.


Recentemente seus trabalho a flor Glorianalia Coronavirilis publicada no caderno Ilustríssima do jornal Folha de S. Paulo, além de duas mostras individuais: Core / Cerne na Galeria Kogan Amaro em São Paulo e na Bastante Similar, na Galeria Oktem Aykut, em Istambul.


Exposição Core / Cerne na Galeria Kogan Amaro em São Paulo


Exposição Bastante Similar, na Galeria Oktem Aykut, em Istambul


Em Istambul camila participou das mostras individuais The Enigma of Plants, na KRANK Gallery, desenvolveu Sefatoryum, uma instalação em grande escala no foyer do Istanbul Modern, parte da exposição TILL IT ”S GONE, com curadoria de Celenk Bafra e Paolo Colombo.


Sefatoryum, a instalação em grande escala no salão do Istanbul Modern



Ainda em Istambul, Camila alugou uma floricultura abandonada em um dos últimos prédios não-gentrificados de Cihangir, Sigorta Pasaj, e fez lá um projeto chamado FloriKultur.


FloriKultur: instalação em uma floricultura abandonada em Istambul


Teve exposições como Naturalistas na Tina Kim Gallery em Nova York, NY; Rhizome na Galeria NON; Apenas para derreter, com confiança, sem censura, Skuc Gallery, Ljubjana; Istanbul Traversée, em Lille, Um Atlas de Eventos, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Nightcomers, 10ª Bienal Internacional de Istambul; Catching Up, com Huseyin Bahri Alptekin, 3ª Bienal de Tirana; Abre Alas, Galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro; Ponto de Fuga, Memorial da América Latina, São Paulo.



Obras expostas nas mostra Rhizome (Istambul) e The Naturalists, em Nova Iorque.


Estufa na Materia Prima da Arte Brasileira, com curadoria de Lisette Lagnado, Museu Oscar Niemeyer, Curitiba; “É tudo sobre o passado”, Plataform Gallery, Vaasa, Finlândia; Mostra Rio Arte Contemporânea, MAM, Rio de Janeiro.


Fez residências artísticas na Finlândia, Suécia, Índia, Austrália, Istambul e Brasil. Em 2019 fez uma expedição ao Rio Negro na Amazônia com biólogos e desenho técnico botânico seguindo os passos de Margaret Mee.


Psittacanthus cinctus (Mart.) Mart. aquarela elaborada durante a expedição à Amazônia em 2019.


A artista une, através de sua pesquisa e referencial conectados à ciência botânica, o universo científico das plantas com a arte. Nos últimos 5 anos Camila tem se dedicado aos estudos da Botânica com a Escola de Botânica, onde foi aluna do curso Introdução à Botânica, Aquarela Botânica e muitos outros.


Conheça mais do trabalho de Camila Rocha em www.instagram.com/endemic_rocha


#camilarocha #arte #artebotânica

88 visualizações
Escola_de_Botanica_logo_branco.png

E-mail de contato

contato@escoladebotanica.com.br

Redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Atendimento

A Escola de Botânica está fechada durante a quarentena. Estamos trabalhando em casa e para falar conosco entre em contato através do

e-mail flores@escoladebotanica.com.br

Atendimento por e-mail de segunda a sexta.

Endereço

Rua Fortunato, 125, Santa Cecília

CEP: 01224-030 • São Paulo • SP

A Escola de Botânica está temporariamente fechada devido a pandemia. Estamos trabalhando em casa. Entre em contato conosco através do e-mail ou pelas redes sociais. Atendimento de segunda a sexta.

Copyright© 2020 por Escola de Botânica • CNPJ: 26.797.455/0001-73