Campanula: a flor-de-sino



Popularmente conhecidas como campânula, campanula ou flor-de-sino, as plantas do gênero Campanula têm como característica marcante as flores campanuladas, ou seja, apresentam a forma de um sino. Pertencem à família botânica Campanulaceae.


As mais de 430 espécies de campânula ocorrem de forma nativa em diversos países do Hemisfério Norte, nos continentes europeu, americano e asiático, havendo também registro de ocorrência de espécies em boa parte do continente africano.


A espécie mais conhecida é a Campanula medium, que chega a atingir até 1 metro de altura quando sua inflorescência está completamente desenvolvida. As numerosas flores são dispostas em inflorescências (conjunto de flores) relativamente grandes, apresentam forma de sino e as cores variam de roxa à azulada, havendo híbridos de cor rosa e branca, que são as mais comercializadas. O período de floração é relativamente longo, dura toda a primavera.

Ilustração: Campanula medium

Favourite flowers of garden and greenhouse /.

London and New York :Frederick Warne & co.,1896-97..



As campânulas são facilmente encontradas nas mais diferentes regiões da Europa e, por serem nativas, em alguns lugares crescem tanto que se assemelham àquelas plantas que no Brasil são denominadas de crescimento espontâneo, já que se desenvolvem em terrenos baldios. <