A floração da violeteira



A violeteira (Duranta erecta) é uma planta lenhosa de porte arbustivo, nativa do México e naturalizada no Brasil, que pode ser encontrada nos Estados da Bahia, Sergipe, Mato Grosso, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, nos domínios de Cerrado e Mata Atlântica. Pertence à família Verbenaceae.


Popularmente também é conhecida como pingo-de-ouro, borboleteira ou durância, sendo amplamente utilizada no paisagismo.


Pode crescer até 6 metros de altura e seus ramos, flores e frutos ficam pendentes. Muito ramificada e de folhagem verde-clara, floresce entre primavera e outono, apresentando flores roxas sendo a margem das pétalas de cor branca.


As flores possuem um aroma bem suave e atraem muitas borboletas e beija-flores. Existe uma variedade com flores brancas e cultivares com folhas amarelo-ouro (Duranta repens 'aurea'), de porte menor, mas igualmente comum no paisagismo.



Os frutos surgem no outono, são bem chamativos de cor alaranjada porém não devem ser consumidos pela presença de componentes tóxicos, também encontrados nas folhas. Não é recomendado seu cultivo na proximidade de crianças ou animais de estimação como cães e gatos. Os frutos maduros são alimento para aves canoras.