Cártamo: uma planta que tinge tecidos desde a Antiguidade

Atualizado: 16 de ago. de 2021


O cártamo é uma planta conhecida e utilizada desde a Antiguidade.

O cártamo, açafrão-dos-tintureiros ou açafrão-bastardo (Carthamus tinctorius) é uma espécie de planta da família Asteraceae.


Pode crescer até 150 centímetros de altura e desenvolve em seus ápices as inflorescências globulares, de cor amarela, alaranjada ou vermelha. A floração acontece em julho.


Suas flores são às vezes utilizadas na culinária como um substituto mais barato para o açafrão verdadeiro (Crocus sativus), hábito que originou o nome popular "açafrão-bastardo".


As flores do cártamo são utilizadas como um substituto mais barato do açafrão verdadeiro.

Seu nome científico está relacionado a sua capacidade de tingir e por esta qualidade, é uma das mais antigas culturas da humanidade, com registros arqueológicos datados de aproximadamente 2.500 a.C. na região da Mesopotâmia. Seu corante foi identificado em diversos produtos têxteis egípcios, assim como guirlandas feitas de cártamo também foram encontradas na tumba do faraó Tutankhamon.


A planta também fornece óleo vegetal e é utilizada pelas medicinas indiana e tradicional chinesa, apresentando um com um amplo espectro de efeitos terapêuticos. Por suas qualidades tintórias, é muito utilizada nas técnicas de impressão botânica também.