Íris-da-praia: uma flor efêmera

Atualizado: 16 de ago. de 2021



A íris-da-praia (Trimezia coerulea) é um planta herbácea da família Iridaceae, nativa e não endêmica do Brasil, encontrada na Mata Atlântica e muito popular em jardins e canteiros.


Popularmente também é conhecida por lírio-roxo, lírio-roxo-das-pedras, doze-apóstolos e falso-íris. Sua folhagem em forma de leque com folhas lanceoladas é muito ornamental e de baixa manutenção, com adubações regulares.


Atinge até 1 metro de altura e pode ser cultivada em maciços ou em conjuntos com outras plantas ou como bordadura, a pleno sol ou meia sombra. É uma planta que apresenta tolerância ao frio e pode ser facilmente multiplicada por divisão da touceira e pelas mudas que são geradas na sua base.



A floração é abundante durante a primavera e verão, e suas flores são grandes e de coloração azul a lilás, levemente perfumadas, com tépalas internas e externas diferenciadas, organizadas em duas séries: as tépalas externas são maiores do que as internas e ambos os conjuntos podem ter marcas de cor marrom-arroxeada na base.


As flores são polinizadas por insetos como abelhas, moscas e borboletas e têm curta duração, de cerca de 18 horas.