Mulungu: uma árvore que floresce no inverno


A inflorescência do suinã.

Destaque entre as florações de inverno, a Erythrina speciosa (popularmente conhecida como suinã, corticeira, mulungu, mulungu-do-litoral e saranduba) é uma árvore nativa do Brasil e muito popular no paisagismo das cidades pela beleza exuberante de suas flores vermelhas, agrupadas em forma de candelabro.


Pertence à família Fabaceae e seu nome científico vem do grego "erythros", que significa “vermelho”. Em época de floração, que acontece entre os meses de junho e setembro, a árvore perde todas as folhas.


Chamamos de plantas decíduas ou caducifólias, as espécies que em determinada estação do ano perdem suas folhas, fenômeno que acontece geralmente nos meses mais frios e secos, como outono e inverno.


Essa é uma das estratégias que algumas plantas apresentam para evitar a perda de água através do processo de evaporação pelas folhas.


As flores são polinizadas principalmente por beija-flores, saís, sanhaçus, cambacicas e vários psitacídeos, sendo uma importante fonte de alimento para essas aves.



Por: Patrícia Dijigow