top of page

Blog

Mais de 300 matérias para você descobrir a Botânica

A beleza das caliandras



Calliandra é um gênero de plantas da família Fabaceae que abrange cerca de 150 espécies e vários cultivares. Muitas dessas plantas são popularmente conhecidas por caliandra, esponjinha, mandararé, arbusto-chama, topete-de-pavão, topete-de-cardeal, caliandra-vermelha ou pompom-vermelho e são extremamente populares em parques, praças e na arborização urbana ou em cercas vivas.


O nome popular quebra-foice é referente à qualidade da madeira, muito utilizada para ferramentas pequenas.


A Calliandra tweediei é uma espécie de porte arbustivo e lenhoso, que pode atingir 3 metros de altura. É nativa da região da América do Sul que engloba Bolívia, Nordeste da Argentina, Sul e Sudeste do Brasil, Paraguai e Uruguai.


Suas folhas são compostas e bipinadas, formadas por pequenos folíolos de cor verde-escura. De grande valor ornamental, sua abundante floração se destaca pelos longos estames de intensa cor vermelha que conferem à inflorescência o delicado aspecto de pompom. As inflorescências atraem insetos como abelhas, borboletas, besouros e mariposas, aves como o beija-flor e mamíferos como morcegos.


Os frutos são pequenas vagens e aveludadas que contém as pequenas sementes em seu interior. Em algumas regiões, os frutos são utilizados para obtenção de corante natural para tingimento de tecidos.


Em outras espécies ou cultivares do gênero Calliandra, características morfológicas irão variar, como a coloração dos estames, que pode ser vermelha, rosa ou branca, o tamanho e formato dos folíolos ou ainda o porte da planta.



Existe ainda uma grande variação de características fisiológicas conforme cada espécie, que estão relacionadas aos ciclos de vida da planta: a época e intensidade de floração também mudam de acordo com a espécie e a região de cultivo.


Algumas espécies florescem com mais abundância na estação fria, como a Calliandra tweediei, enquanto outras tem o apogeu da floração entre primavera e verão, como a Calliandra selloi, popularmente chamada de caliandra-rosa.



Espécie bastante comum, a Calliandra selloi também é nativa de regiões da América do Sul, podendo ser encontrada nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil.


Popularmente conhecida por marizeira, a Calliandra spinosa é uma espécie nativa da Caatinga, encontrada nos estados do Ceará e de Pernambuco. Seu caule possui casca esbranquiçada e suas flores são brancas quando jovens, mudando de cor para um tom rosado com seu desenvolvimento.


As caliandras são plantas bem resistentes e de fácil cultivo, inclusive em solos onde a umidade não é frequente. São tolerantes ao frio e aceitam podas para condução de crescimento em arvoreta ou cerca-viva ou para adensamento de novas ramificações.



Devem ser cultivadas a sol pleno. As regas podem ser feitas quando a terra apresenta o aspecto de seca (sem esturricar). O cultivo deve ser feito em solo fértil, com adição de humus de minhoca e a reprodução pode ser realizada por sementes ou estaquia dos galhos.


As raízes das caliandras são associadas com bactérias fixadoras de Nitrogênio, sendo muito importantes para o ciclo de nutrientes, promovendo a fertilidade no solo. Por este motivo, as caliandras são plantas muito úteis na recuperação de áreas degradadas.


Por: Patrícia Dijigow


5.112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.

Veja nossa seleção especial de livros e gravuras

bottom of page