A flor do maracujazeiro



O maracujazeiro possui uma das flores mais marcantes, sendo a planta americana que mais causou admiração nos colonizadores durante os séculos XVI e XVII. Maracujazeiro ou maracujá são os nomes populares atribuídos às diferentes espécies pertencentes ao gênero botânico Passiflora, da família Passifloraceae.


Nativo principalmente das Américas, o gênero tem mais de 570 espécies catalogadas pela ciência. No Brasil, são registradas 157 espécies de Passiflora, sendo 87 delas endêmicas, ou seja, só ocorrem no Brasil e são observadas em todos os tipos de ambientes, em todos os estados brasileiros. Algumas espécies de maracujazeiros são nativas da Ásia e Ilhas do pacífico.


Os maracujazeiros são, em sua maioria, plantas trepadeiras que podem ter o caule muito fino e delicado até extremamente espesso. Apresentam as gavinhas, aquelas molinhas que permitem que a planta se apoie e consiga se desenvolver sobre outras superfícies. As folhas, geralmente, tem a cor verde intenso e as diferentes espécies apresentam formas de folhas variadas.


As flores são geralmente isoladas na extremidade dos ramos e na maioria das vezes muito vistosas, sempre com cinco pétalas. Uma característica marcante é a presença de uma corona de filamentos, que é uma espécie de “saia” composta por fios alongados, geralmente coloridos que se localizam sobre as pétalas também coloridas. O fruto possui em seu interior uma polpa amarelada ou alaranjada com muitas sementes.