Livro: Antes o mundo não existia




A Dantes Editora atua há mais de 26 anos, publicando livros sobre a cultura brasileira e conhecimento das plantas, se especializando nas tradições e cosmovisão dos povos originários do Brasil.


Algumas publicações da Dantes são transformadas em ciclos de estudos, exposições, encontros e muito mais, promovendo a aproximação de perspectivas mais naturais, mais vegetais e menos antropocenas, para propagação de conhecimentos e saberes tradicionais.


Os trabalhos dos últimos 10 anos são frutos de uma profunda imersão na escola viva do povo Huni Kuin que habita a floresta Amazônica, na região do Acre. O projeto Una Shubu Hiwea, que envolve a transmissão de memória, é coordenado por pajés, e resultou na edição de livros, em exposições, oficinas, assembleias e ações coletivas de compartilhamento de benefícios entre 36 aldeias dos rios Jordão e Tarauacá.


O contato com este imenso saber dos povos indígenas foi a inspiração para a concepção do Selvagem – um ciclo de estudos sobre a vida, que aborda conhecimentos indígenas e científicos, desenvolvido por Anna Dantes, orientado por Ailton Krenak, produzido por Madeleine Deschamps e realizado por um coletivo que envolve parceiros, apoiadores, participantes, voluntários e público.


O livro Antes o mundo não existia, é um dos exemplos de produção da Dantes, que traz narrativas míticas do povo Desana, resgatadas a partir de registros que foram transcritos, traduzidos e revisados por Berta Gleizer Ribeiro, em 1978, durante uma viagem ao Rio Negro para pesquisar o trançado indígena. Berta se encontrou com os dois indígenas Desana responsáveis pelo registro da mitologia de seu povo.


Em 1995, foi novamente editado e publicado pelo ISA – Instituto Socioambiental, desta vez destinado prioritariamente ao público indígena da região.