top of page

Blog

Mais de 300 matérias para você descobrir a Botânica

Veja nossa seleção especial de livros sobre plantas e natureza

Catnip: a erva-dos-gatos

Atualizado: 1 de jul. de 2022


O gênero Nepeta abrange 287 espécies da família Lamiaceae. A família Lamiaceae é amplamente conhecida por agrupar diversas espécies populares de uso culinário, cosmético e medicinal, como a melissa, sálvia, alecrim, hortelã, manjericão, orégano, lavandas e muitas outras.


A erva-dos-gatos, erva-gateira, gatária ou catnip (Nepeta cataria) é uma espécie de planta herbácea e perene, que pode crescer até 80 centímetros de altura e possui folhas de coloração verde acinzentada e extremamente aromáticas. Esta espécie foi descrita por Linnaeus no ano de 1753, em sua publicação Species Plantarum.


O termo erva-dos-gatos também é popularmente aplicado para designar outras espécies do gênero Nepeta ou ainda outras espécies aromáticas de efeito semelhante. Dentro desta espécie, algumas variedades são conhecidas.


As inflorescências da erva-dos-gatos são terminais e agrupam flores de cor branca, azul ou violeta. Floresce nos meses mais quentes, entre primavera e verão, e atrai muitos insetos polinizadores, principalmente abelhas e borboletas.



Nativa da Europa e de regiões da Ásia Central, hoje é naturalizada em muitas regiões de clima temperado, onde seu cultivo é principalmente voltado para o uso na medicina veterinária.

Ilustração: Billeder af nordens flora. v.1 København,G.E.C. Gad's forlag,1917-1927.

O nome da espécie é relacionado ao efeito excitante que exerce sobre gatos domésticos e alguns felinos: a planta metaboliza uma substância volátil chamada nepetalactona, que ativa o bulbo olfatório desses animais e desencadeia as reações através do hipotálamo.


A nepetalactona é obtida por destilação a vapor, o processo mais comum para obtenção dos óleos essenciais.



A reação dos felinos à substância se deve à uma herança genética da capacidade de perceber a nepetalactona através do odor. Essa percepção é realizada pela estimulação do órgão de Jacobson, porém nem todos os gatos reagem à substância.


Por: Patrícia Dijigow

766 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page