Livro: Atlas dos Manguezais do Brasil

O manguezal é um complexo e delicado ecossistema costeiro de transição entre os biomas terrestre e marinho e característico de regiões tropicais e subtropicais, formado por água salobra que resulta do encontro da água dos rios com a água do mar. 


É associado às margens de baías, enseadas, desembocaduras de rios, lagunas e reentrâncias costeiras ou diretamente expostos à linha costeira, e caracterizado por espécies vegetais típicas, conhecidas popularmente por mangue: o mangue-branco (Laguncularia racemosa), o mangue-vermelho (Rhizophora mangle) e o mangue siriúba (Avicennia schaueriana). 


Essa vegetação é chamada pneumatófora, pela capacidade de respirar através das raízes aéreas. Essas raízes funcionam como filtros na retenção dos sedimentos e desempenham um papel fundamental na proteção contra a erosão costeira.


Uma outra característica marcante da vegetação é sua halofilia, ou seja sua tolerância às altas concentrações de sal.



As espécies do manguezal são responsáveis por uma alta produtividade primária e biomassa, atuando como um exportador de matéria orgânica para o estuário. Por este motivo, os manguezais são chamados de "berçários naturais", pois proporcionam condições ideais para reprodução, eclosão, criadouro e abrigo para animais, aves, peixes, moluscos e crustáceos. 


Diversas espécies de vida aquática e terrestre vivem ou passam pelo manguezal durante pelo menos uma fase de seu ciclo de vida - incluindo a maioria dos recursos pesqueiros que o ser humano captura no mar. A subsistência das comunidades locais também depende diretamente desse ecossistema.


Além de todas essas relações com o meio aquático e terrestre e a manutenção da vida, o manguezal é considerado um importante banco genético para a recuperação de áreas degradadas e ajudam a regular o volume de gases do efeito estufa, sendo importantes aliados contra o aquecimento global.


Considerados áreas de preservação permanente, os manguezais brasileiros estão ameaçados principalmente pela especulação imobiliária.


Para ressaltar a importância dos manguezais, o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) disponibiliza gratuitamente o livro Atlas dos Manguezais Brasileiros, com 179 páginas repletas de imagens e explicações sobre cada aspecto que torna esse ecossistema tão único e delicado. 



A publicação pode ser acessada no link abaixo:

https://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/manguezais/atlas_dos_manguezais_do_brasil.pdf


#manguezal #ecossistema #preservação #ecologia #mangue #livro

151 visualizações
Escola_de_Botanica_logo_branco.png

E-mail de contato

contato@escoladebotanica.com.br

Redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Atendimento

A Escola de Botânica está fechada durante a quarentena. Estamos trabalhando em casa e para falar conosco entre em contato através do

e-mail flores@escoladebotanica.com.br

Atendimento por e-mail de segunda a sexta.

Endereço

Rua Fortunato, 125, Santa Cecília

CEP: 01224-030 • São Paulo • SP

A Escola de Botânica está temporariamente fechada devido a pandemia. Estamos trabalhando em casa. Entre em contato conosco através do e-mail ou pelas redes sociais. Atendimento de segunda a sexta.

Copyright© 2020 por Escola de Botânica • CNPJ: 26.797.455/0001-73