top of page

Blog

Mais de 300 matérias para você descobrir a Botânica

Urucum: uma importante fonte de corantes naturais

Atualizado: 28 de fev.



O urucuzeiro ou urucueiro (Bixa orellana) é uma planta perene e nativa da faixa entre México e Sul da América tropical. No Brasil, a espécie pode ser encontrada nos domínios da Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica. Pode atingir até 6 metros de altura. Pertence à família Bixaceae.


Suas folhas são grandes, pecioladas, de cor verde-clara e medem de 8 a 11 centímetros de comprimento. As flores são de cor rosa e contém muitos estames. As flores são hermafroditas, contém cinco pétalas e são reunidas em inflorescências terminais e de grande valor ornamental e para plantio em regiões degradadas e ações de reflorestamento.


Os frutos recebem o nome de urucu e urucum, palavras que derivam do tupi: "uru'ku" (que significa "vermelho"). As cápsulas (nome dado pela Botânica a esse tipo de fruto) se tornam vermelhas quando ficam maduras e então se abrem, revelando suas pequenas sementes dispostas em série e também vermelhas. Cada cápsula contém de 30 a 50 sementes, que são protegidas por arilo, também de cor vermelha.



Tradicionalmente utilizado pelas comunidades indígenas brasileiras e peruanas, o urucum é uma fonte de matéria prima para tinturas vermelhas, utilizadas desde protetores da pele (contra o sol e picadas de insetos), em rituais de agradecimento aos deuses pelas colheitas, pesca ou saúde, sendo de grande valor histórico e cultural.


Na medicina popular, as raízes e sementes do urucuzeiro são utilizadas em casos de bronquites e outras doenças respiratórias e também por propriedades digestivas.



Popularmente a tintura de urucum em pó é chamada de colorau, muito popular na culinária, para realçar a cor dos alimentos. Colorau é um nome genérico para condimentos ou especiarias de cor avermelhada de origem vegetal. Entre os pigmentos presentes no colorau, se destacam a bixina (de cor vermelha) e a orelhena (de cor amarela).


llustração do livro: Herbier colorié de l'Amerique : Paris :Chez l'auteur,1783.

O óleo de urucum é rico em tocotrienol, betacaroteno e flavonoides, sendo muito popular em formulações cosméticas, como cremes, loções, bronzeadores e protetores solares.


Atualmente o urucum é uma das mais importantes fontes de corantes naturais, utilizados em alimentos, cosméticos, produtos têxteis, artesanatos e trabalhos artísticos. Seja em forma de pós, pasta, extrato ou solução, os corantes do urucum permitem uma ampla gama de cores entre o amarelo-alaranjado ao castanho-avermelhado.



Curso on-line Pigmentos vegetais: extração e aplicação


Para aprender mais sobre os pigmentos de origem vegetal, conheça o curso Pigmentos vegetais: extração e aplicação. Clique no botão abaixo para saber mais:





Por: Patrícia Dijigow

1.191 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.

Veja nossa seleção especial de livros e gravuras

bottom of page